Com pedido de vista, votação do piso salarial do farmacêutico é adiada para próxima semana

O substitutivo ao Projeto de Lei 1559/21 e apensados prevendo uma remuneração mínima digna para os farmacêuticos somente deve ser votado pela Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF) da Câmara dos Deputados na próxima semana. Os deputados Adriana Ventura e Felício Laterça pediram vistas, após manobras frustradas da deputada para retirar o projeto de lei de pauta, proposta derrotada pela maioria votos dos deputados presentes.

Nem o apelo feito pela deputada Alice Portugal, para que Felício Laterça retirasse o pedido de vista, conseguiu demover o deputado carioca. Adriana Ventura disse que os empregadores não foram ouvidos. Felício Laterça afirmou ser “amigo e aliado dos farmacêuticos”, mas alegou que as farmácias não conseguirão suportar a despesa com o salário dos farmacêuticos. Mesmo o varejo farmacêutico tendo faturado R$152,1 bilhões em 2021, com crescimento de 10,8%, segundo dados da IQVIA.

O presidente do CFF, Walter da Silva Jorge João, pediu aos farmacêuticos que mantenham a mobilização. Ele lembrou que o site valorizeofarmaceutico.cff.org.br traz um placar com todos os deputados da CSSF favoráveis e aqueles que ainda não se manifestaram sobre o PL. “Esses últimos merecem o nosso foco”, conclamou.

Saiba mais: https://www.cff.org.br/noticia.php?id=6774

Reprodução: YouTube/Câmara dos Deputados

#PisoJá#CFF#Farmácia#Farmacêutico#TôOnPeloFarmacêutico#ValorizeOFarmacêutico

%d blogueiros gostam disto: