PERFIL

A carreira de farmacêutico homeopata é descrita na resolução do Conselho Federal de Farmácia (CFF) número 601, de 26 de setembro de 2014. Segundo o CFF, o farmacêutico homeopata é o profissional graduado em ciências farmacêuticas e registrado no Conselho Regional de Farmácia (CRF) de sua jurisdição, com formação teórico-prática em homeopatia e farmácia homeopática, por meio de disciplinas específicas em cursos de graduação em Farmácia (ou de cursos de especialização) e em cursos de aprimoramento reconhecidos pelo CFF.

Ser farmacêutico homeopata exige do profissional conhecimentos aprofundados em farmacotécnica homeopática, gestão farmacêutica, prescrição farmacêutica e legislação sanitária do setor. O inglês é muito importante para acessar a literatura técnica da área.

O QUE FAZ

Na farmácia magistral:

– Manipula e dispensa medicamentos homeopáticos;

– Presta serviços de cuidados farmacêuticos no âmbito da farmácia homeopática;

– Coordena e gerencia a recepção das farmácias de manipulação homeopáticas;

– Produz medicamentos homeopáticos, de acordo com os padrões especificados em mementos, farmacopeias ou formulários terapêuticos, adotados oficialmente pelo País;

– Organiza e estrutura os serviços de assistência farmacêutica;

– Gerencia ou executa as atividades de controle de qualidade em matérias-primas homeopáticas;

– Interpreta e cumpre a legislação pertinente aos medicamentos homeopáticos, incluindo as normas de boas práticas de manipulação;

– Gerencia o serviço de visitação médica homeopática, preparando material especializado para utilização;

– Qualifica os fornecedores e fabricantes;

– Ordena e desenvolve os procedimentos de obtenção e recebimento de insumos farmacêuticos e ativos homeopáticos;

– Assegura a aquisição e armazenamento de materiais, como o de preparação, dispensação e avaliação final;

– Seleciona os produtos utilizados na terapêutica, oriundos dos reinos animal, vegetal e mineral, ou de processos especialmente elaborados;

– Orienta sobre a adequada e segura utilização dos medicamentos e produtos, empregados na terapêutica homeopática;

– Implanta ações de atenção farmacêutica;

– É responsável por aprovar matéria-prima, produto semiacabado, produto acabado e material de embalagem;

– Acata e cumpre o Código de Ética da profissão farmacêutica;

– Garante o controle das informações relacionadas à fabricação, ao controle de qualidade e à rastreabilidade dos produtos;

– Recebe e acompanha auditoria sanitária;

– Informa e orienta o usuário quanto às eventuais interações do medicamento homeopático com outros medicamentos e alimentos e quanto ao reconhecimento de possíveis eventos adversos;

– Informa ao paciente quanto às devidas condições de conservação, guarda e descarte dos produtos homeopáticos;

– Presta serviços de atenção farmacêutica.

Em consultorias especializadas:

– Esclarece dúvidas técnicas de clientes;

– Prepara material técnico para visitação médica;

– Audita sistemas de gestão da qualidade;

– Treina equipe em Boas Práticas de Fabricação.

Em indústrias farmacêuticas homeopáticas:

– Exerce a função de responsável técnico na indústria farmacêutica homeopática;

– Elabora relatórios a serem apresentados aos órgãos competentes para fins de registro de medicamentos e produtos homeopáticos;

– É responsável pela assistência técnica efetiva ao setor sob seu encargo profissional;

– Cumpre, técnica e legalmente, as Boas Práticas de Fabricação;

– Realiza pesquisa de novos insumos farmacêuticos e ativos homeopáticos, visando ao desenvolvimento de novos medicamentos ou de novas indicações e posologias para os já comercializados;

– É responsável pela elaboração de bulas, rótulos e material de publicidade de medicamentos homeopáticos;

– Realiza auto-inspeções, conforme regulamento técnico das Boas Práticas de Fabricação;

– É responsável pelos estudos de estabilidade dos medicamentos e produtos homeopáticos e insumos para medicamentos homeopáticos;

– Desenvolve e valida metodologias para certificação da qualidade dos insumos farmacêuticos e medicamentos homeopáticos;

– É responsável pelo sistema de farmacovigilância estabelecido na empresa para notificação de reações adversas;

– Garante os documentos e registros do sistema da qualidade;

– Produz medicamentos homeopáticos, de acordo com os padrões especificados em mementos, farmacopéias ou formulários terapêuticos, adotados oficialmente pelo País;

– Avalia a infraestrutura industrial e propõe a adequação de instalações e equipamentos;

– Coordena e elabora procedimentos relativos à recepção, estocagem, conservação e controle dos estoques de insumos farmacêuticos, insumos ativos homeopáticos e dos medicamentos homeopáticos;

– Implanta procedimentos que definam as características técnicas das embalagens e dos rótulos, assim como dos processos de armazenagem e transporte;

– Avalia instalações industriais em relação à localização, projeto, construção e à adequação das atividades, garantindo fluxo adequado;

– Investiga, identifica as causas e corrige qualquer indício de desvio da qualidade do produto;

– Define as atribuições das pessoas sob sua responsabilidade, para o correto desempenho de suas funções;

– Promove e participa das validações de processos: Qualificação de Instalação (QI), Qualificação de Operação (QO), Qualificação de Desempenho (QD) e validações de limpeza;

– Obedece às condições das matérias-primas, componentes, produtos semi-elaborados, materiais de embalagem e produto acabado em relação à situação de quarentena;

– Garante a recuperação das informações e a rastreabilidade dos lotes;

– Apresenta aos órgãos sanitários e aos profissionais competentes a documentação para a regularidade da empresa;

– Toma as providências necessárias para a resolução dos problemas identificados a partir do serviço de atendimento ao consumidor (SAC);

– Acompanha toda a ação efetuada de recolhimento de produtos, comunica o órgão sanitário competente, efetua a reconciliação entre as quantidades distribuídas e as quantidades resgatadas e elabora e protocola o relatório final.

Em instituições de ensino superior:

– Participa da elaboração de políticas de formação, capacitação e qualificação de recursos humanos em todos os níveis, nas áreas relacionadas;

– Realiza pesquisa inerente à promoção do uso racional de medicamentos homeopáticos;

– Colabora com a ampliação da produção científica em medicamentos e insumos farmacêuticos, medicamentos e insumos ativos homeopáticos;

– Emprega conhecimentos técnico-científicos, visando ao fornecimento de informações aos usuários de medicamentos homeopáticos;

– Gerencia cursos de especialização profissional na área privativa da farmácia homeopática;

– Leciona em cursos de graduação e pós-graduação.

ONDE ATUA

– Farmácias magistrais;

– Consultorias especializadas;

– Indústrias farmacêuticas homeopáticas.

COMO SE PREPARAR

O curso de graduação em farmácia é imprescindível para profissionais que desejam seguir carreira em farmácia homeopática. Uma pós-graduação na área de homeopatia é fundamental para o pleno exercício e ascensão nessa carreira, e uma especialização em gestão é um fator de diferenciação deste profissional.

Fonte: ICTQ – Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here