Com o período de chuvas em várias cidades, população deve manter cuidados diários para eliminar o mosquito. O combate não pode ocorrer apenas em determinados períodos, deve ser contínuo

O Ministério da saúde convoca a população brasileira a continuar com a mobilização nacional pelo combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. O período do verão é o mais propício à proliferação do mosquito Aedes aegypti, por causa das chuvas, e consequentemente é a época de maior risco de infecção por essas doenças. Por isso, a população deve ficar atenta e redobrar os cuidados para eliminar possíveis criadouros do mosquito

As sextas–feira têm sido escolhidas como Dia Nacional de Combate ao Aedes aegypti. “O enfrentamento ao mosquito é prioridade do Governo Federal” explicou o  ministro da Saúde, Ricardo Barros. “A definição da sexta-feira como um dia nacional para uma grande mobilização, demonstra o nosso empenho e preocupação no combate ao Aedes para que possamos evitar todas as doenças causadas por ele”, explica o ministro.

Em todo o país, o Governo Federal, em parceria com os estados e os municípios, realiza uma série de ações para conscientizar sobre importância de eliminar os focos do mosquito, especialmente no verão, período mais favorável à proliferação do mosquito. As ações integradas e simultâneas, em todo o país, mobilizam prefeituras, governos estaduais e população. São previstas distribuição de material educativo, visitas domiciliares, mutirões de limpeza realizados pelos agentes de saúde, exposições educativas em escolas, entre outras ações voltadas para a comunidade local.

Fonte: Ministério da Saúde

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here